20 de out de 2009

pennsylvania-isto sim que é vida

Agosto 12

Hoje me mudei para minha nova casa no estado da Pennsylvania. Que paz! Tudo aqui é tão bonito. As montanhas são tão majestosas. Quase que não posso esperar para vê-las cobertas de neve. Que bom haver deixado para trás o calor, a umidade, o tráfego, a violência, as enchentes, a poluição e aqueles brasileiros mal-educados de São Paulo. Isto sim que é vida!


Pennsylvania é o lugar mais bonito que já vi em minha vida. As folhas passaram por todos os tons de cor entre o vermelho e o laranja. Que bom ter as quatro estações. Saímos a passear pelos bosques e pela primeira vez vi um cervo. São tão ágeis, tão elegantes, é um dos animais mais vistosos que jamais vi. Isto deve ser o paraíso. Espero que neve logo. Isto sim é que é vida!

Novembro 11

Logo começará a temporada de caça aos cervos. Não posso imaginar como alguém pode matar uma dessas criaturas de Deus. Já chegou o inverno. Espero que neve logo. Isto sim é que é vida!

Dezembro 2

Ontem à noite nevou. Despertei e encontrei tudo coberto de uma camada branca. Parece um cartão postal... uma foto. Saí a tirar a neve dos degraus e a passar a pá na entrada. Rolei nela e logo tive uma batalha de bolas de neve com os vizinhos (eu ganhei) e quando a niveladora de neve passou, tive que voltar a passar a pá. Que bonita a neve. Parecem bolas de algodão espalhadas por todos os lados. Que lugar tão bonito! Pennsylvania sim é que é vida!

Dezembro 12

Ontem à noite voltou a nevar. Que encanto. A niveladora voltou a sujar a entrada, mas bom... que vamos fazer, de todas maneiras. Isto sim é que é vida!

Dezembro 19

Ontem à noite nevou outra vez. Não pude limpar a entrada por completo porque antes que acabasse, já havia passado a niveladora, assim hoje não pude ir ao trabalho. Estou um pouco cansado de passar a pá nessa neve. Droga de niveladora! Mas, que vida!

Dezembro 22

Ontem à noite voltou a cair neve... Tenho as mãos cheias de calos por causa da pá. Creio que a niveladora me vigia desde a esquina e espera que eu acabe de tirar a neve com a pá para passar. Vá pra puta que pariu!

Dezembro 25

Feliz Natal[bb] branco, mas branco de verdade, porque está cheio de merda branca. Viado! Se pego o filho da puta que dirige esta niveladora, te juro que o mato. Não entendo porque não usam mais sal nas ruas para que se derreta mais rápido este gelo de merda.

Dezembro 27

Ontem à noite ainda caiu mais dessa merda branca. Já são três dias direto que não saio. Nada mais faço senão passar a pá na neve depois que passa a bosta da niveladora. Não posso ir a lugar algum. O carro está enterrado debaixo de uma montanha de merda branca. O noticiário disse que esta noite vai cair umas 10 polegadas a mais de neve. Não posso acreditar!

Dezembro 28

O idiota do noticiário se equivocou outra vez. Não foram 10 polegadas de neve... caíram 34 polegadas mais dessa merda! Vai tomar no cu! Seguindo assim, a neve não se derreterá nem no verão. Agora resulta que a niveladora quebrou perto daqui e o filho da puta do motorista veio me pedir uma pá. Que descarado ! Disse-lhe que já tinha quebrado 6 pás limpando a merda que ele me havia deixado diariamente. Assim, quebrei a pá na cabeça daquele imbecil. Que bosta. Que saco, Que caralho!

Janeiro 4

Ao fim hoje pude sair de casa. Fui buscar comida e um cervo de merda se meteu diante do carro e o atropelei. Caralho! O conserto do carro vai me sair uns três mil dólares. Estes animais de merda deviam ser envenenados. Oxalá os caçadores tivessem acabado com eles o ano passado. A temporada de caça deveria durar o ano inteiro.

Março 15

Escorreguei no gelo que ainda há nesta puta cidade e quebrei uma perna. Ontem à noite sonhei estar sob uma palmeira.

Maio 3

Quando me tiraram o gesso, levei o carro ao mecânico. Ele disse que o assoalho estava todo enferrujado por baixo por culpa do sal de merda que jogaram na ruas. Será que esses cornos não têm outra forma de derreter o gelo?

Maio 10

Mudei-me outra vez para São Paulo. Isto sim que é vida! Que delicia! Calor, umidade, tráfego, violência, enchente, poluição e falta de educação. A verdade é que qualquer um que imagine morar nessa Pennsylvania de merda tão solitária e fria é um retardado... ou viado, ou deve estar louco! Isto sim é que é vida!!!


Não sei se a história é verdadeira,mas que é cômica,isto sim.

a transa da fanha



A fanha foi ao baile e lá conheceu um cara.
Conversa vai, conversa vem, foram para um motel..
Lá chegando, iniciaram as preliminares e ela disse, com toda sua dificuldade de articulação:
Vohê habe, eu hosto de apanhar um houco an-hes de huder. Enhão, Bahe um pouhinho na miha bun-ha?
O cara responde:
Claro, eu te dou umas palmadas nessa sua bundinha gostosa...
Foi tapa, dois, três...
E a fanha diz:
Bahe mais fohe, Fiha a Huta!
Ele bateu mais forte.
De novo:
Bahe mais fohe!! Fiha a Huta!
E o tapa foi maior.
Cahaio, bahe mais fohe !!! Fiha a Huta, Bahe mais fohe !!!
E o cara achou estranho, mas usou toda sua força para um baita tapão no traseiro da fanha
e não satisfeito pegou sua sandália Rider, tamanho 44, embaixo da cama e
sapecou no traseiro da fanha com toda força que até rasgou a Rider.
Aí, a mulher levanta cambaleando, pega um pedaço de papel e uma caneta de sua bolsa e escreve:-
Seu imbecil... Bate, mas fode !! Filho da puta !!!

orgulho brasileiro




Um estudo recente conduzido pela Universidade Federal do Paraná mostrou que cada brasileiro caminha, em média, 1.440 km por ano...

Outro estudo feito pela Associação Médica Brasileira mostrou que, em média, o brasileiro toma 86 litros de cerveja por ano.

Isso significa que, em média, o brasileiro faz 16,7 km por litro.

Não é para explodir de orgulho?

raciocínio rápido de um corno inteligente



O indivíduo chega de surpresa e surpreende a mulher em sua cama com outro.
Tirou o revólver da cintura, tomando cuidado para não ser percebido
pelos dois, armou o gatilho e já ia se preparando para meter bala
neles quando parou para pensar.
Foi se lembrando de como a sua vida de casado havia melhorado nos
últimos tempos.
A esposa já não pedia dinheiro pra comprar carne, aliás, nem para
comprar vestidos, jóias e sapatos, apesar de todos os dias aparecer
com um vestido novo, uma jóia nova ou uma sandalinha da moda.
Os meninos mudaram da escola pública do bairro para um cursinho super
chique.
Sem contar que a mulher trocou de carro[bb], apesar de ele estar a quatro
anos sem aumento e ter cortado a mesada dela.
O supermercado, então, nem se fala, eles nunca tiveram tanta fartura
quanto nos últimos meses.
E as contas de luz, água, telefone, internet, celular e cartão de
crédito, fazia tempo que ele nem ouvia falar delas.
O caso é que a mulher dele era mesmo um aviãozinho, baixinha, toda
gostosinha, mesmo com três filhos o tempo não passava pra ela..
Coisa de louco...
Guardou a arma na cintura, com muito cuidado para não ser percebido, e
foi saindo devagar, para não atrapalhar os dois.
Parou na porta da sala, refletiu um pouco e disse pra si mesmo:
- O cara paga o aluguel, o supermercado, a escola das crianças, as
contas da casa, o carro, o shopping[bb], todas as despesas e eu ainda vou
pra cama com ela todos os dias...
E, fechando a porta atrás de si, concluiu sorrindo:

Puta que o pariu... O CORNO É ELE!!!!

o mineirinho vendedor



Um mineirinho inteligente vindo da roça
se candidatou a um emprego numa
grande loja de departamentos da cidade. Na verdade era a maior loja de
departamentos do mundo, tudo podia ser comprado nessa loja.
O gerente perguntou ao rapaz:
- Você já trabalhou alguma vez na vida?
- Sim, eu fazia negócios na roça.
O gerente gostou do jeito simpático do mineiro e disse:
- Pode começar amanhã, e no final da tarde venho verificar como você se saiu.
O dia foi longo e árduo para o rapaz.
As 17:30 o gerente se acercou do
novo empregado para verificar sua produtividade e perguntou:
Quantas vendas você fez hoje?
- Uma !
- Só uma? A maioria dos meus vendedores faz de 30 a 40
vendas por dia.
De quanto foi a venda que você fez?
- Dois milhões e meio de Reais.
- Como você conseguiu isso?!?
- Bem, o cliente entrou na loja e eu lhe vendi um anzol pequeno, depois
um anzol médio e finalmente um anzol bem grande. Daí eu lhe vendi uma
linha fina de pescar, uma de resistência media e uma bem grossa, para
pescaria pesada. Eu lhe perguntei onde ele ia pescar e ele me disse que ia fazer pesca oceânica. Eu sugeri que talvez fosse precisar de um barco, então
eu o Acompanhei até seção de náutica e lhe vendi uma lancha importada, de
primeira linha. Aí eu disse a ele que talvez um carro pequeno não fosse
capaz de puxar a lancha, levei-o a seção de carros e lhe vendi uma caminhonete com tração nas quatro rodas.
O gerente levou um susto e perguntou:
- Você vendeu tudo isso a um cliente que veio aqui para comprar um
pequeno anzol?
- Não senhor, ele entrou aqui,
na verdade, querendo um pacote de
modess para a esposa, aí eu falei:
Já que seu fim de semana tá perdido mesmo, que tal uma pescaria?

Followers

About Me

Minha foto

Um iniciante na fina arte de blogar,muito sem experiência,mas com uma vontade tamanha tanto quanto os amigos que fiz na net.