26 de set de 2010

mentira tem perna curta...e o prof desconfiou

Na véspera de uma prova, 4 alunos resolveram chutar o balde: iriam viajar juntos.
Faltaram a prova e então resolveram dar um ‘jeitinho’.
Voltaram a USJT na terça, sendo que a prova havia ocorrido na segunda.
Então, dirigiram-se ao professor:
‘- Professor, fomos viajar, o pneu furou, não conseguimos consertá-lo, tivemos mil problemas, e por conta disso tudo nos atrasamos, mas gostaríamos de fazer a prova’.
O professor, sempre compreensivo:
- Claro, vocês podem fazer a prova hoje a tarde, após o almoço.
E assim foi feito. Os rapazes correram para casa e racharam de tanto estudar, na medida do possível.
Na hora da prova, o professor colocou cada aluno em uma sala diferente, sem qualquer meio de comunicação com o mundo externo e entregou a prova:
Primeira pergunta, valendo 0,5 ponto: Escreva algo sobre ‘Lei de Ohm’.
Os quatro ficaram contentes pois haviam visto algo sobre o assunto.
Pensaram que a prova seria muito fácil e que haviam conseguido se dar bem.
Segunda e última pergunta, valendo 9,5 pontos :
‘Qual pneu furou?’

porra,que porre Zé

Certo dia Zé foi dormir. Deu boa noite a sua mulher, e dormiu.
Quando acorda, Zé se sente leve demais, olha pra frente e dá de cara com um sujeito barbudo e pergunta:
- Ei!! Quem é você?? O que tá fazendo no meu quarto?
- Eu sou São Pedro e você não está no seu quarto, está no céu.
Zé fica desesperado:
- NÃO é possível, eu não posso morrer!!
Por favor São Pedro faça eu voltar!
- Meu filho, você só poderá voltar se for na forma de cadela ou galinha.
Zé fica pensativo …
“Cadela é foda, na Época do cio vários cachorros enrrabam ela, já a galinha… eu nunca vi pinto de galo, deve ser pequeno…” e responde rapidamente:
- Eu quero voltar como galinha!
Num piscar de olhos…BUUUMMM!
Zé se vê num galinheiro, olha para si e tem a confirmação:
- CARALHO!!! virei galinha!
Quando Zé olha pra frente, vê o galo vindo na sua direção:
- Putz! O que que eu faço agora?
E o galo pergunta:
- Você é nova aqui no galinheiro, certo?
- Sim, sou sim.
- Bom… aqui só tem duas opções… ou vc vai para a ala das reprodutoras ou para a ala das poedeiras.
Zé pensa… “Se eu for para a ala da reprodução vou ter que dar para esse fdp. Mas também não sei botar ovo…”
- Bom, seu galo…. eu não sei botar ovo!
E o galo prontamente se dispõe a ensinar Zé (a galinha) a botar ovo:
- Bom… o negócio é o seguinte… senta aí, levanta a asinha esquerda duas vezes e faz cocorocó!!
Zé segue os passos que o galo lhe disse e… PLOC, sai um ovinho…
Zé se empolga, tenta mais uma vez e…. PLOC, sai outro ovinho.
- Porra! Tô começando a ficar bom nesse negócio!!
Quando Zé começa a botar outro ovinho, ouve o grito da sua mulher:
- PORRA Zééééééééé´… ! ! ! ACORDA, SEU FILHO DA PUTA …
BÊBADO DO CARALHO …
TÁ CAGANDO NA CAMA TODA

não deixe sua preciosa vida terminar assim

Que todos nós somos apaixonados por computadores e internet,é evidente.
Mas você já parou para pensar que seria o cúmulo, sua preciosa vida terminar assim?
Imagens super impressionantes.








minha liberdade seria hoje...


Uma mulher acorda durante a noite e percebe que o marido não está na cama. Veste o robe e desce para ver onde ele está. Encontra-o na cozinha, sentado, pensativo, diante de uma xicara de café. Parece consternado, olhar fixo na xícara. Tanto mais, que o vê limpar uma lágrima.
- O que se passa, querido?
O marido levanta os olhos e pergunta-lhe docemente:
- Você se lembra, há 20 anos, quando saímos juntos pela primeira vez? Você tinha apenas 16 anos.
- Sim, claro. Lembro como se fosse hoje, responde ela.
O marido faz uma pausa. As palavras custavam a sair…
- Você se lembra quando o seu pai nos surpreendeu enquanto fazíamos amor no banco de trás do carro?
- Sim, lembro perfeitamente, diz a mulher sentando-se ao seu lado… – Foi um susto!
O marido continua:
- Lembra quando ele apontou uma arma na minha cabeça dizendo: “Ou casa com a minha filha, ou te mando pra cadeia por 20 anos”?
- Lembro, lembro… – responde ela, docemente.
Ele limpa mais uma lágrima e diz:
- Pois é: hoje eu já estaria em liberdade…

esposa obediente é isso aí

Era uma vez um homem que tinha passado toda a sua vida trabalhando e
que juntara todos os centavos que ganhava.
Ele era realmente muito mão-de-vaca.. Antes de morrer, disse à mulher:
- Ouve-me bem! Quando eu morrer, quero que pegues todo o meu dinheiro
e o coloques no caixão junto comigo. Eu quero levar todo o meu
dinheiro para a minha próxima encarnação.
Dito isto, obrigou a mulher a prometer que, quando ele morresse, ela
colocaria todo o seu dinheiro dentro do caixão junto dele.
Um dia o homem morre.
Foi colocado dentro do caixão, enquanto a mulher se mantinha sentada a
seu lado, toda de preto, acompanhada pelos amigos mais chegados.
Quando terminou a cerimônia e antes de o padre se preparar para fechar
o caixão, a mulher disse:
- Só um minuto!
Tinha uma caixa de sapatos com ela. Aproximou-se e colocou-a dentro do
caixão, juntamente com o corpo.
Um amigo disse-lhe:
- Espero que não tenhas sido doida o suficiente para meteres todo
aquele dinheiro dentro do caixão!
Ela respondeu:
- Claro que sim. Eu prometi-lhe que colocaria aquele dinheiro junto
dele e foi exatamente o que fiz.
- Estás me dizendo que puseste todos os centavos que ele tinha dentro
do caixão com ele?
- Claro que sim! – Respondeu a mulher. – Juntei todo o seu dinheiro,
depositei-o na minha conta e passei-lhe um cheque. Vai descontar lá no
inferno!

Followers

About Me

Minha foto

Um iniciante na fina arte de blogar,muito sem experiência,mas com uma vontade tamanha tanto quanto os amigos que fiz na net.