8 de mar de 2010

Luciana Gimenez entrevistando o Lula



LG - Presidente, como vc perdeu o dedo?

Lula - Foi numa prensa mecânica...

LG - O que é isso, prensa mecânica?

Lula - É uma máquina assim que serve pra prensar e funciona de maneira mecânica.

LG - Ah, tá. Agora entendi. E doeu?

Lula - Menina, eu tava com tanta cachaça na cabeça nesse dia, que eu nem senti nada. Só quando eu olhei pra minha mão esquerda e vi que só tinha nove dedo que eu pensei: vixe, cadê o mindinho?

LG - E vc ficou muito abalado?

Lula - Eu tive que repensar minha vida. Não dava mais pra conciliar o trabalho com a pinga. Aí eu larguei o trabalho.

LG - Foi aí que você decidiu virar sindicalista?

Lula - Foi. Eu tava um dia jogando sinuca e o Biriba, um cumpanhêro nosso, falou que a pulíça tava metendo tudo que é sindicalista em cana. Como cana é cumigo mêmo, eu fui lá.

LG - E como é assim sair do nada e de repente virar ídolo nacional?

Lula - Olha, Luciana, eu acho que nós dois temo experiências parecida. Eu comecei montando num jegue, e você começou montando num Jagger...

LG - E como é ser presidente? É legal?

Lula - Deixa eu te dizer uma coisa pra você... Tem hora que eu fico sozinho lá no meu gabinete, olho praquelas parede, olho o jardim lá fora e penso:
Rapaz, esqueci de comprar os produto de limpeza que a 'galega' (DªMarisa) me pediu.

LG - Pra terminar, eu queria que você dissesse uma palavra de esperança pra quem tá assistindo a gente.

Lula - Vou dizer mais de uma. Eu estou convencido de que esse País tem jeitio...
A gente pode tá jogando futebol e de repente toma um gol, toma dois, toma cinco, tem 2 jogador expulso, o goleiro é míope, o centroavante é perneta, o juiz é ladrão, o gandula demora pra trazer a bola, e a gente toma mais dois gol e tá tudo uma merda..., mais mêmo assim a esperança de que tudo vai dar certo continua lá.

LG - Nossa, que profundo...

Lula - Eu acredito, Luciana. Eu estou muito convencido de que aconteça o que acontecer, o amanhã sempre vai chegar.

LG - Bom, muitíssimo obrigada por ter vindo aqui. É o máximo falar com o homem que governa o País.

Lula - Não tem de quê, Lu. Eu é que gostei muito de fazer um pograma com você.

LG - Opa, peraí. Eu não sou mais garota de programa!

Lula - Então tamo impatado. Eu também num governo pôrra nenhuma...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário e logo logo estaremos entrando em contato contigo.

Followers

About Me

Minha foto

Um iniciante na fina arte de blogar,muito sem experiência,mas com uma vontade tamanha tanto quanto os amigos que fiz na net.