7 de ago de 2008

Caças e caçador



Mesmo lançado 10 anos depois, mesmo repetindo seus velhos hinos, o novo CD do cantor Fábio Jr., “Fábio Jr. & Elas” é um sucesso de vendas

Ele está no rol dos ídolos de multidões, com sua imagem quase tão associada à televisão brasileira como a de um Sílvio Santos, por exemplo. Como o velho estrategista do Sistema Brasileiro de Televisão, Fábio Jr. sabe que a melhor maneira de fazer sucesso é não mexer em time que está ganhando. Ator, cantor e dublê de compositor, Fábio renova outra vez este segredo em um produto que reforça o carisma de sedutor ao qual sua imagem sempre foi associada, entre cantoras de diversos estilos e origens, de Ângela Maria a Paula Toller. Parece a fórmula de um sucesso, não? E é: em apenas duas semanas, o álbum virou Disco de Ouro, se é que alguém ainda se lembra o que é isso... Bem, foram 25 mil cópias, algo raro para os padrões atuais da indústria fonográfica.

Mas o sucesso quase degringola, na liberação da empreitada, que começou como um show de fim de ano da Rede Record. Ao menos, essa parece a justificativa para os 10 anos para seu lançamento. Talvez o motivo da demora seja mesmo o bom e velho cacau, mas o fato é que Simone, Wanderléa, Fernanda Takai e Ivete Sangalo ficaram de fora. Alegaram que não gostaram do resultado, também em DVD, não disponibilizado pela Sony.

Apesar dos percalços, o CD mostra Fábio, e elas, entre seus respectivos sucessos de então. Os principais dele, claro, e alguns delas. E ainda uns clássicos da música brasileira. Quer dizer, o investimento no projeto já era alto... Mesmo que muitas das convidadas pertencesse ao cast da gravadora multinacional. Os duetos são, em geral, excêntricos. O formato naturalmente garante a diversificação do repertório e sua condução, com Fábio sempre procurando deixar o clima descontraído. Com alguns exageros, entre arranjos orgânicos, banda com cinco backing vocals...

Mugangos, flertes e canções

Dando o caráter profissional do encontro, o show começa com “Caça e Caçador”, dividida com Sandra de Sá. Mas a seriedade dos arranjos logo esbarra nos improvisos frágeis de Fábio, como em “Enrosca”, com a promessa de então, Patrícia Coelho, numa pegada mais funk. E só. Bem melhor ficou “Seu melhor amigo”, com ele defendendo a “cria”, enquanto Elza Soares faz os scats de que ela tanto gosta. Contrasta com os exageros kitschs do Fat Family em “Não me condene”. Também estranho é Fábio Jr. no hino nordestino “Ai que saudade D´ocê” (Vital Farias), com Elba Ramalho. Ou “Mentiras”, com Adriana Calcanhotto e seu violãozinho. Fábio muganga, muganga e... Sobra. Mais natural, talvez, seja sua aproximação com o público sertanejo em “Volta ao Começo”, que, em duo com Roberta Miranda, parece da cantora, mas havia sido gravada por ele 10 anos antes. E ainda o encontro derramado com Fafá de Belém em “Sem Limites pra Sonhar”.

Surpresa bem melhor é ele e Leila Pinheiro, praticamente só a seu pianinho, em “Sentado à beira do caminho” (Roberto e Erasmo Carlos). Um achado, apesar das poucas palmas. A paulistana Vânia Bastos também ajuda em “Sorri” (Chaplin, em versão de João de Barro), após uma misèn-scene dispensável dele. Outro duo legítimo é o com Joyce em “Compromisso”, canção de linguagem bem popular, mantendo a descontração num nível legal. Outro duo mais vibrante é “Na Canção”, com Fábio se preocupando mais em cantar ao lado de com Fernanda Abreu.

“Onde é que foi parar aquela menina?”, entoa Zélia Duncan em “Eu me rendo”, outro dos sucessos de Fábio Jr. Bem que Fábio tenta comprometer, entre os “charminhos” que atravancam o show. O que não acontece em outro sucesso, “Quando gira o mundo”, com Joanna, nem na versão acústica de “Nada por Mim” com Paula Toller, mesmo com um ou outro flerte. No final, sozinho, ele encara “Pai”, com a texto espiritualista de Luiz Antônio Gasparetto. O cantor já falou que não pensa em um projeto similar, mas anunciou: vem aí o “Minhas Canções 2”. É, mesmo que não pareça, suas eternas caças continuam soltas por aí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário e logo logo estaremos entrando em contato contigo.

Followers

About Me

Minha foto

Um iniciante na fina arte de blogar,muito sem experiência,mas com uma vontade tamanha tanto quanto os amigos que fiz na net.